Doce Amargo



Pseudo poema de amor

Te prendo em mim no afã impulsivo
de te inebriar
com os odores de meu perfume
barato
e te afogar
em meus beijos
com gosto de balas
compradas na esquina.
Te prendo em minha
sedução
de cabaret de quinta categoria.
Te levo a
loucura
te fazendo crer que sou todos os
clichês
de paixões e lascívias de amor…
e quando pensares que
me tem

eu te deixo
por não saber te amar.

Anúncios

Trackbacks & Pingbacks

Comentários

  1. * *Lusinha* says:

    Bom ver você de volta. Sempre passava lá no outro blog pra ver você, mas desde que entrou o problema com o cutenews, você sumiu, né?
    Belo texto!
    Bjitos!

    | Responder Publicado 9 years, 6 months ago
  2. * Léo says:

    Quente, hum? Gostei do poema. 😀
    Feliz Ano Novo atrasado mas de coração. 😉
    bjão, nary.

    | Responder Publicado 9 years, 6 months ago


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: