Doce Amargo



Ao mar…

Correu para a praia, enfincou os pés na areia e sentiu os grãos passando por entre os dedos dos pés, dando aquela sensação relaxante e gostosa. Ao fechar os olhos lembrou-se da infância, das brincadeiras à beira-mar e dos sorrisos sinceros.
Lembrou-se também dos amores antigos, dos beijos e abraços, das risadas…
Observou o balanço das ondas, aquele vai-e-vem contínuo e hipnotizante.
Sentiu-se só e chorou.
Lágrimas de não sei o quê…
Depois levantou-se e foi embora.

O que ficou foram apenas suas pegadas na areia, que rapidamente a onda iria carregar…

Anúncios

Trackbacks & Pingbacks

Comentários

  1. * Sarah Lee says:

    Alguem le pra eu, pra mim fechar os olhos e imaginar esta cena!!

    “… Na beira do mar
    Na beira do mar, do amor…”

    Beijos!

    | Responder Publicado 7 years, 5 months ago
  2. * Lusinha says:

    Também acho que visitar o mar traz coisas boas e leva as ruins. Basta nos permitir!
    Bjitos!

    | Responder Publicado 7 years, 5 months ago


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: