Doce Amargo



I said please don´t slow me down, If I'm going too fast

“Vá devagar, cuidado.”
O rio corre e sobre as margens você está lá pedindo para que eu saia da minha corrida de aventuras.
“Tenha calma, seja prudente”
Quero gritar e ser livre, descer a corredeira e você continua me impedindo. Quero acelerar o carro na rodovia, quero tomar todas e ter ressaca no outro dia. Quero chorar pra todo mundo ver que sou humana, que nessas veias corre sangue e que nesse peito bate um coração ansioso por viver.
Quero dar respostas impulsivas, falar palavrão sem um ‘shhhh’ repressor.
Me deixe livre.
Gosto do impulso, do veneno que escorre lentamente sobre a carne, do sabor das coisas erradas, gosto da transgressão. Não me repreenda.
Quero viver a vida e não apenas vê-la passar.


Pra ler ouvindo The Strokes – Reptilia

Anúncios

Trackbacks & Pingbacks

Comentários

  1. * Ceeko says:

    hey ho.
    Tô aqui a ler blogs aleatórios e caí no teu!
    Gosto muito de blogs assim: breves e cheios de conteúdo..
    Continua a escrever aquilo que te vai à mente.
    abraços 😉

    | Responder Publicado 7 years ago


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: