Doce Amargo


« Detalhes | Início | . »

Larguei as armaduras, os castelos, as fortalezas e as armas.
Deixei você penetrar fundo em minh´alma tão inquieta que conhecestes todos os meus medos e inseguranças.
Conheci também aquele seu olhar profundo, segurei suas mãos calejadas, beijei seus olhos lacrimejantes e abracei seu corpo sedento de carinho.
Mas não é fácil… não é doce. Nunca é.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: